sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

O que Éra doce, nunca se acaba, mas o amargo fica!

Umas idéias se fundem por aqui!
Juntando tudo, podemos falar da casa de doces de João e Maria e da nobreza do biocombustível...
Vou direto ao assunto, será meio comprido.
Nas últimas semanas a cada dia assusto-me mais com o valor de dois produtos: álccol e açúcar cristal - o álcool em gel deve estar ainda mais pra hora da morte, com a diminuição das noticias sobre a gripe A, não sei, mas com a entresafra aliada à especulação e desespero, menino véi! -
O álcool combustível, quase me mata do coração quando fiu abastecer o Monza... R$ 1,97 litro! Dia desses custava R$ 1,39!
E o açúcar cristal? Gente, vi hoje um pacote de 5Kg a R$ 11,20! Deve que tudo mais caiu o preço, pois vi uma reportagem no jornal - mais elitizante do Estado de Goiás - que o preço da cesta básica havia caído! Tiraram o açúcar da cesta?
Bom, posto fatos empíricos, vamos lá!
Dizem ser a entresafra da cana-de-açúcar! Dando uma olhada por aí li que as colheitas são iniciadas em março e finalizadas até novembro, antes das chuvas para preservar o valor comercial da cana ao preservá-la da chuva. Mas ok. entresafras acontecem... E estoques em armazéns também! Estocam-se milhares de toneladas de açúcar e milhares de litros de álcool, fazendo com que haja uma pseudofalta dos produtos, pura e simplesmente para 'super'valorizar a mercadoria!
Importa trazer, o Brasil conta, atualmente, com aproximadamente 320 unidades produtoras de açúcar e álcool. Isso representa uma capacidade instalada para o processamento de mais de 430 milhões de toneladas de cana, o que pode resultar na produção de até 18 bilhões de litros e 29 milhões de toneladas de açúcar. E ainda que, o Brasil exporta açúcar, inclusive, para a construção civil! Misturam-na ao concreto para dar certa 'liga' e maior resistencia às construções... A casa de João e Maria era assim, lembram... casas de doce!

Daí, posso também brevemente trazer a reflexão para a salvação do mundo anunciada a um tempo... investir no biodiesel. Bom, se o brasileiro está querendo virar inglês, veja as coisas... SE a queima de petróleo e derivados emite CO2 (à zói) na Atmosfera, contribuindo ferrenhamente para o aquecimento global entre outros, usemos biodiesel, energia renovável, verde e ecologicamente correta! LINDO! Não fossem a desgraça que são as monoculturas!
Enquanto muitos não tem o que comer, aTERRA (mãe) recebe milhares de sementes, mudinhas, enxertos, fertilizantes, agrotóxicos, Háarsrssr Pragas! agrotóxicos, pragas, agrotóxicos, e é a cada dia mais devastada, mais arrebentada!

Quantas são hoje as monoculturas de cana-de-açúcar a ser exportada e virar parede e combustível? Quantas são hoje as monoculturas de soja, milho e sorgo, para alimentar gado europeu? Quantos são hoje os laranjais derrubados? (infelizmente menos que o mundo precisava ver e saber o porque, pois o Jornaleco, não disse)!


Dizia meu saudoso pai: "o verde herdará a Terra!" Logo ela nos expulsa e se vira, como fez antes de que a destruissemos... e não digamos que não fazemos isso... cada vez que dou um giro, consumo e digo sim ao cultivo da cana! Cada vez que como carne, digo sim ao desmatamento para o pasto... e por aí, vamos!

E assim, o açúcar que era no mês retrasado doce, salga o preço, e deixará amargas lembranças!

Um comentário:

  1. Great!

    Realmente, acho que é só no orkut que a colheita é feliz! =/

    ResponderExcluir